Resenha #24 || A Garota do Calendário Janeiro - Audrey Carlan

Autora: Audrey Carlan| Editora: Verus| Páginas: 144| Ano: 2016

Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.

A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.

Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...

Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Mia Saunders é uma mulher de 25 anos que desde muito cedo aprendeu o que é ser responsável pela família. Seu pai está cada vez mais afundado em dividas, e em bebidas, desde que a mãe os abandonou. 
Como se não bastasse, Mia tem um dedinho podre para relacionamentos. Seu último namorado é Blaine, um agiota que empresta dinheiro ao pai de Mia e agora quer receber 1 milhão de dólares, caso não receba a quantia vai terminar o serviço que começou.

Vendo seu pai numa UTI, correndo risco de morte, e ainda ter sua vida e da irmã ameaçadas por Blaine, Mia não exita e aceita a proposta de sua tia Milie para trabalhar em sua agência de acompanhantes de luxo, durante os próximos doze meses, em cada mês com um cliente diferente. 
"Mesmo vestida como uma Barbie, interpretando o papel de uma acompanhante-troféu, eu ainda sou Mia Saunders. A garota que criou a irmã desde que ela tinha cinco anos, que cuidou de si mesma e que iria salvar a vida do pai...mais uma vez. E eu esperava que fosse a última."
Milie deixa claro para a sobrinha que essas garotas não são prostitutas, Mia só precisa acompanhar esses homens em eventos, ser gentil e educada, e morar com o cliente naquele mês. Se ela quiser ter um affer com o atual acompanhante, seria uma escolha dela e iria receber um adicional. 

Em Janeiro, Mia passará 24 dias com Wes Chaning, rico, famoso e extremamente sedutor roteirista de cinema. Wes e sua mãe decidiram contratar uma acompanhante para espantar as piriguetes que ficavam atrapalhando-o nos eventos profissionais.
***
Audrey Carlan acertou em uma proposta totalmente diferente de suas antecessoras no gênero hot. Com livros curtos, uma escrita fluída e viciante, tem tudo para se tornar a mais nova queridinha do gênero.

Mia me conquistou logo nas primeiras linhas, com seu jeito batalhador, cativante e determinada ela não se deixa levar pelas roupas caras e lugares mais badalados, mesmo podendo escolher um caminho mas fácil, sua determinação em salvar o pai fala mais alto. Um outro ponto que me conquistou foi quando o desejo fica evidente entre os personagens, fica claro que não é somente desejo que os unem e nasce uma verdadeira amizade.

Com certeza recomendo a série e não vejo a hora de ler os próximos. Logo posto a resenha do segundo A Garota do Calendário Fevereiro

Beijinhos

Participe da promoção que você escolhe o livro que quer ganhar! (link)

2 comentários

  1. Olá!
    Com certeza essa será a minha próxima leitura! Li muitas resenhas positivas sobre os primeiros livros da série e acabei adquirindo os dois primeiros.
    Gostei de saber que a autora conseguiu alguma inovação dentro do gênero.
    Beijos
    http://numrelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Acredito que já vi o trecho de algum filme com trama semelhante a desse livro, ou apenas seja doido mesmo kkkkk. Ainda não li nenhum livro desse gênero, mas acredito que não lerei em breve. Ótima resenha.

    Abraços, Heitor Botti
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir

Topo